24.4.08

Por um átimo de segundo

Eu admito. Estou cansada.Me causa transtorno ligar a televisão e assistir a incansável disputa dos canais sobre a exclusividade não exclusiva dos detalhes sem detalhes do assassinato da pequena Isabella. O melhor ângulo, as imagens que uns têm e outros não, blá, blá, blá. Me pergunto se não apedrejamos Alexandre e Anna Carolina personificando neles o mal que nos habita para assim exorcisarmos a nós mesmos. Parece que não nos damos conta que nos aproximamos deles quando vociferamos os mais diversos impropérios. À Justiça o papel da Justiça e que ela seja devidamente exercida. À nós? Por que não por um átimo de segundo tirarmos o sorriso inocente da Isabella que estampa as bandeiras dos nossos brados e o colocarmos em nosso coração envolvido no silêncio de uma oração? Ela precisa. Sua mãe Ana Carolina precisa. Alexandre Nardoni e Anna Jatobá precisam. Nós todos precisamos.
Um abraço grande,
Lela.


Um comentário:

Anônimo disse...

Quem sabe o sensacionalismo feito pela mídia (e os marketeiros de plantão) neste triste e incompreensível episódio, possa reverter para uma mudança de comportamento em nossa sociedade. Tomara cada pessoa passe a refletir mais sobre sua própria agressividade...
clarice

Artes com Trastes e Traquinagens

Minha foto
Sou um traste, que faço arte, através das minhas traquinagens.

Querem seguir minha luz?

Recent Visitors

Artes Passadas