5.7.07

Imagem Sayô

3 comentários:

clarice ge disse...

Depois que passa parece que sempre nos acontecemos melhor no ontem. Sempre depois da página virada. Té parece que hoje não será muitos ontens amanhã.
Melhor seria reconfigurar nossa travessia e deixar os agoras predominarem.
beijos querida

naenorocha1@hotmail.com disse...

Lindas essas sacadas do Paulo Leminsky. Um poeta genial da vnguarda, surealista, mas que muito se expressava usando o todo eloquente, o corpo todo do papel, a poesia inteira. Não que isso não seja poesia. A poesia é só um alerta ao homem de que existem pessoas capazes de captarem o pensamento e o sentimento de todos e derramarem pelo mundo todo.

Parabenizo-te ó SAYÔ pelo aproveitaento e embelesamento a este fragmento verdadeiro de nossas vidas.

Um abraço
Naeno.

E o que há contigo que te ausentastes, é trabalho, é indisposição, é uma febre, é um chá que caeces.

diovvani mendonça disse...

Leminski, é dos dons!!!
AbraçoDasMontanhas.

P.E: Sayô, gostaria de adquirir o livro da Lília Diniz. Pode informar-me o valor? diovvani@yahoo.com.br

Artes com Trastes e Traquinagens

Minha foto
Sou um traste, que faço arte, através das minhas traquinagens.

Querem seguir minha luz?

Recent Visitors

Artes Passadas